A concorrência!

Caro leitor, você já teve o prazer de procurar uma passagem para Belém e encontrar por 700 reais, e ainda comemorar porque está barato?

Segundo o Wikipedia:

” Em economia, concorrência corresponde à situação de um mercado em que os diferentes produtores/vendedores de um determinado bem ou serviço actuam de forma independente face aos compradores/consumidores, com vista a alcançar um objectivo para o seu negócio – lucros, vendas e/ou quota de mercado – utilizando diferentes instrumentos, tais como os preços, a qualidade dos produtos, os serviços após venda.

É um estado dinâmico de um mercado que estimula as empresas a investir e a inovar com vista à maximização dos seus ganhos e ao aproveitamento óptimo dos recursos escassos disponíveis Um mercado concorrencial é aquele cujo funcionamento é feito de acordo com o livre jogo da oferta e da procura, sem intervenção do Estado.”

Mas porque você está falando disso?

Simples! Desde o crescente aumento na oferta de voos para Goiânia, o preço das passagens caiu espantosamente. Resultado: você encontra passagens de Palmas para Goiânia por 100 reais pela Trip! Esse foi o valor mais baixo encontrado, seguido do 159 reais, que é estabelecido pela Passaredo e Azul.

O negócio agora é aproveitar os preços baixos e colaborar com o aumento de passageiros movimentados no Aeroporto de Palmas.

Anúncios

Com HOTRAN, Sete Linhas Aéreas mostra opção para Aeroporto de Araguaína fechado

A Sete Linhas Aéreas solicitou uma alteração no SLX6412 para que a aeronave, ao invés de decolar para Araguaína, decole direto para Marabá.

Há alguns meses atrás, a empresa havia solicitado o voo Palmas-Imperatriz, como solução para a interdição de Araguaína, só que não vingou; e a Sete achou melhor por excluir, temporariamente, Araguaína do 6412. Sendo assim, o E120 decola de Goiânia, passa em Palmas, e já vai direto para Marabá. A interdição de Araguaína está prevista para começar no dia 12 de outubro.

Aeroporto de Araguaína fechado até Dezembro de 2011

PERÍODO: 12/10/11 00:00 A 22/12/11 00:00
RWY 09/27 CLSD DEVIDO OBRAS)
(F2727/2011)

Segundo o NOTAM F2727 acima, a pista 09/27 de Araguaína (SWGN) estará fechado devido obras do dia 12 de outubro, até o dia 22 de dezembro. Como Araguaína, por enquanto, só tem uma pista, o aeroporto estará fechado. O resultado disso? As empresas aéreas terão que, ou suspender os voos para Araguaína, ou pousar em um outro lugar.

A passaredo…

“Em nota enviada a imprensa na tarde desta sexta-feira, a Passaredo Linhas Aéreas informou que vai suspender temporariamente suas operações na cidade de Araguaína.
A empresa disse que a suspensão das atividades é devido a realização de uma reforma na pista do aeroporto da cidade. Segundo a nota, os voos para o município param no dia 12 de outubro e só retornam no dia 22 de dezembro.
Atualmente a companhia aérea liga a cidade do norte do estado do Tocantins a Goiânia (voo direto), Curitiba, Cuiabá, São Paulo, Uberlândia, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e Ji-Paraná. Os passageiros que já adquiriram passagens para este período poderão remarcar o bilhete para outra data sem multa ou diferença tarifária. Além disso, os clientes que preferirem serão reacomodados ou terão o valor integral do bilhete devolvido.” (By Junior AUX)

Por enquanto, só achei pronunciamento da Passaredo. Ajudo vocês a lembrar, da solicitação que a Sete tinha feito para realizar o voo para Imperatriz, ou invés de Araguaína, nesse período de obras. Porém, nos HOTRANs a vigorar, não achei mais esse voo. Vamos ver o que a Trip, e a Sete vão decidir com seus voos para Araguaína.

Sai Araguaína, entra Imperatriz! Alteração no SLX6412 e SLX6413

Fomos alertado pelo nosso amigo Rafael, de Araguaína, sobre a alteração do voo SLX6412 e SLX6413. Mas o que muda? Com a solicitação, a cidade de Araguaína, interior do Tocantins, deixaria de ser atendida pela companhia, dando lugar à Imperatriz. Segundo o pedido da Sete, a alteração entra em vigor no dia 27 de Agosto de 2011.

Vou citar apenas as modificações do 6412/6413 antigo para o novo.

No SLX6412:

A primeira alteração é no trecho após Palmas, que deixa de ser Araguaína, com seus 45 minutos de duração (184 milhas), para ser Imperatriz, com 01h10′ minutos de duração (291 milhas). Com isso, o Embraer 120 decolada de Palmas às 08:20lt (10 minutos mais tarde que antes) para pousar em Imperatriz às 09:30lt.

A decolagem de Imperatriz será às 10:00lt, com pouso em Marabá às 10:25lt. Antes, o pouso em Marabá era às 09:55lt.

De Marabá, a aeronave parte para Altamira às 10:55lt (30 minutos mais tarde), e pousa às 11:52lt (12 minutos mais tarde). Essa redução do trecho Marabá-Altamira ocorreu porque a companhia diminuiu o tempo em voo desse trecho. O que antes era de 1h15′ minutos, passou a ser de apenas 1h.

Em Altamira o 6412 parte às 12:22lt, chegando em Belém às 13:27lt (12 minutos mais tarde).

No SLX6413:

Com as alterações, o Embraer 120 decola de Belém às 13:57lt, e pousa em Altamira às 15:02lt.

Com 12 minutos de atraso (em comparação ao 6413 anterior), o voo decola de Altamira às 15:32lt e pousa em Marabá 16:29lt.

Em Marabá, a decolagem dar-se-á às 16:59lt (antes 16:45lt) com pouso em Imperatriz às 17:24lt (antes 17:20lt em Araguaína).

E de Imperatriz a aeronave decola às 17:54lt e pousa em Palmas às 19:04lt (antes 18:30lt).

Da capital tocantinense, o Embraer 120 decola às 19:34lt (antes 19:00lt) e chega em Goiânia às 21:09lt (antes 20:35lt).

Ainda o Rafael, postou um comentário onde ele falava a resposta da Companhia sobre a possível saída de Araguaína:

Talvez por causa de obras no Aeroporto, e o fechamento dos primeiros 300m da pista de pouso e decolagem (para obras) as aeronaves tenham que operar em AUX com menos peso (por causa da pista menor). Segundo um funcionário da empresa, os voos continuarão ocorrendo normalmente (tirando pelo limite de peso) para Araguaína até que haja algum empecilho devido as obras. “Até o presente, não recebemos da diretoria nenhuma alteração, os voos continuam sendo operados normalmente, porém, com um número menor de passageiros” completou o funcionário.

“Essa alteração só será feita caso as obras no Aeroporto de Araguaína impeçam a atuação das companhias, assim que terminar, a rota será retomada, mas volto a afirmar que não temos nenhuma mudança nessa rota […]” completou.

Fonte: ANAC e Rafael de AUX

“Rapaz, pegue as estatísticas dos anos passados e compare com o desse ano! Você vai ter uma surpresa!” – me alertava Rubem Dourado quanto aos números do Brigadeiro Lysias Rodrigues – SBPJ.

Primeiramente vamos comparar o mês de Janeiro de 2011, com o de 2010 e 2009.

Em 2009, no primeiro mês do ano, tivemos um movimento de 18.627 passageiros, 832 aeronaves, 130.265kg de carga aérea e 51.850kg de mala postal.

Já em 2010, vimos o aumento: de quase 43% (7.875) no número de passageiros, 3% (32) na quantidade de aeronaves e 21% (27.753kg) na carga aérea. Já na mala postal, tivemos o decréscimo de 32% (-16.600kg).

Na comparação de 2011 com 2010, o mês de janeiro aumentou em: 40% (347) o número de aeronaves, 27% (7.220) de passageiros, 40% (63.859kg) a carga aérea. E após a queda de 2009, a mala postal voltou a crescer, quase alcançando o ano de 2009, com 51.809kg, 46% de aumento em relação a 2010 e apenas 0,1% de decréscimo em relação a 2009.

Comparando o ano de 2010 com 2009 temos aumento de: quase 48% (5.558) no número de aeronaves, 30% (90.733) na quantidade de passageiros, 25% (569.557kg) na carga aérea. E na mala postal, um decréscimo de quase 3% (-12.199kg).

Esperamos que 2011 feche elevando mais ainda esses números do Aeroporto de Palmas. Me lembro que até uma parte do ano passado, as únicas empresas que operavam em Palmas eram a Gol e a Tam. Agora, quase no meio de 2011, já temos a Gol, Tam, Sete, Trip e Passaredo, e até o final do ano, teremos a Azul. Quer dizer, o número de companhias aéreas, triplicou em quase 1 ano e meio.

E o que antes tínhamos apenas 4 voos regulares (2 da Gol e 2 da TAM), agora temos 12 voos (entre eles,  o novo daPassaredo para Guarulhos, e o novo da Azul para Campinas). Isso significa um aumento de 200% na quantidade de voos para Palmas, em 18 meses.

Hoje em dia, as companhias aéreas oferecem voos para Palmas em diversos tipos de aeronaves, entre eles: Boeing 737, Airbus A319 (A320), Embraer 120, Embraer 145, Embraer 170 e com a Azul, teremos também, o Embraer 190.

Com certeza, quem torce pelo sucesso do Aeroporto, e de toda a região, fica muito feliz com esses números. Espero que eles sempre aumentem. Quem sabe, o Governo do Estado dê uma ajudinha atrativa, assim como fez o Governo de Goiás com aquele estado.

O que acontece quando Juvenal tem uma câmera?

N854D, Bombardier Challenger 300, passou 1 dia em Palmas, pernoitou, e decolou na tarde de hoje.

A320 da TAM, pousando na pista 14, realizando o voo TAM3818 (da manhã). Lá no fundo, você pode ver a ponte de Palmas, sobre o lago.

Boeing 737-700, PR-GOH, realizando o voo GLO1202, pousando na pista 32.

Embraer 120 da Sete Linhas Aéreas, chegando de Goiânia, e em um pulo, indo para Araguaína. PR-STE.

Os voos do novo Embraer 120 da Sete

Prestes a receber o segundo Embraer 120, a Sete solicitou junto à ANAC, para começar no dia primeiro de março de 2011, os voos:

Belém – Almeirim – Belém – Marabá – Redenção – Gurupi – Brasilia – Goiânia – Brasília – Gurupi – Redenção – Marabá – Belém.

Esses voos serão realizados de segunda à sexta. A primeira etapa decola de Belém às 2130LT, e pousa em Almeirim às 2230LT, retorna para Belém, e lá pousa à meia-noite. Depois decola de SBBE às 0630LT e ao final de tudo, pousa em Goiânia às 1315LT. Na volta, decola de SBGO às 1400LT e pousa em Belém às 2045LT.

Fonte: GynOnline

Surpresas ao chegar para mais um dia de trabalho

Ao chegar no aeroporto, tive a boa surpresa de encontrar um B737-800 da gol. Dessa vez era o PR-GGT. Fazendo o voo GLO1179, de Palmas para Brasília.  A aeronave decolou no começo da noite.

Junto com o Boeing 737-800, estava no pátio principal, o Mitsubish da Sete. Em um primeiro momento, pensei que a aeronave estivesse realizando o voo que normalmente é feito com o E120.

Agora, aconteceu uma coisa intrigante. De manhã, passou por Palmas, o E120, fazendo o voo normal, de Goiânia para Palmas e depois para Araguaína. Só que no retorno, voltou o PT-WST. E nada do E120. Será que aconteceu alguma coisa? Ou o E120 fez SWGN-SBGO, e não passou por Palmas? Fica a dúvida…

Aproveitando ao máximo uma aeronave

A Sete querendo aproveitar ao máximo o seu único E120, solicitou junto a ANAC mais um voo para a aeronave que deve começar no dia 1 de janeiro de 2011. O PR-STE antes ficava 9h30′ em solo goiano esperando o próximo dia para que pudesse começar novamente seu único voo para Belém. Só que com a solicitação da Sete, a aeronave agora ficará apenas 3h em SBGO aguardando.

Isso porque a aeronave chega às 2030LT procedente do voo de Belém, e às 2100Z decola para seu novo voo: Goiânia-Jataí-Jundiaí.

O novo voo pousará em Jataí (SWJW) às 2140 e decola para Jundiaí (SBJD), lá chega às 2350. O retorno começa às 0015 com pouso em Jataí e posterior decolagem para Goiânia. O voo chegará em SBGO às 0305. E às 0600 decola para Belém.

Fonte: GYNOnline